sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Brincar para aprender

Brincar... jogo... brinquedo.... brincadeira 
A primeira vista tudo se parece, seriam sinônimos?

O importante está em que concepções professores possuem sobre o brincar na escola. Brincar por brincar, tempo livre  que chega para se "passar o tempo" não é o ideal.

O lúdico (ludus, do grego= jogo divertimento) precisa ser valorizado como oportunidade de aprendizagem e deseenvolvimento das crianças.Sua existência no planejamento se dá porque pesquisadores comprovam que enquanto brincam as crianças vivenciam situações que ajudarão em seu desenvolvimento pessoal, emocional e social. 

Ao brincar  aprende a se relacionar com o outro. A partir dos 7 anos começa a abandonar a fase egocêntrica e se envolve com o outro e observa as regras, busca descobrir como pode se envolver. Com isso pretendo enfatizar que, nós educadores precisamos observar nossos alunos enquanto brincam. É importante preparar propostas  para o momento de brincar como  meio educacional de forma objetiva e organizada também.

Para exemplificar  trago  a sugestão de um jogo (brincadeira orientada,) que desenvolvi em 1999 e venho utilizando ao longo dos anos procurando adequá-lo as necessidades dos meus alunos.

O jogo foi inspirado no livro "O sanduíche da Maricota de Avelino Guedes.
Construi  como um jogo de tabuleiro com  peças emborrachadas, roleta e cartela para cada participante. O desafio é rodar a roleta e conseguir a  cada rodada ganhar os ingredientes. Quem completar primeiro vence.Enquanto a criança brinca lê os nomes de cada ingrediente, conversa troca e ideias. É uma oportunidade para iniciação as regras. Antes de tudo começar procuro perguntar como eles acham que funciona e depois de alguma conversa conto como pensei as regras. O legal é que enquanto brincam vão surgindo dúvidas até mesmo do que é ou não válido.Nesse momento quando me chamam entro para conversar, esclarecer, mediar.





E nessa história não ficamos apenas no jogo. Trabalho com a receita de sanduíche que a turma desejar  e depois preparamos tudo para saborear.  Afinal ensinar exige sabor.

"O sábio é um degustador. 
Eu quero que meus alunos sejam educados para serem degustadores do mundo!"
Rubem Alves

Em breve o jogo será disponibilizado na loja do Bela Cacique Atelier.

3 comentários:

Gerusa Flávia disse...

Adorei o joguinho,suas idéias...parabéns!
Já estou te seguindo.
Bjo,Gesa(www.gesabella.blogspot.com)

Beloní Cacique Braga disse...

Obrigada Gerusa
Fico feliz em receber novos amigos aqui. Deixe suas sugestões, ok?
Passarei em seu blog prta conhecer tb.
Beijocas

Dany, Danielle disse...

Que criativo!
Adorei o jogo e pelo conteudo do blog virei a sua mais nova seguidora.
Bjos e bom fds.